Processamento de cartões e meios de pagamento: soluções que vão muito além do plástico

Publicado em 22 de março de 2021.

Tempo de leitura 5 minutos de leitura

O processamento de cartões na América Latina vem evoluindo em paralelo à criação de novos meios de pagamento. Cada vez mais, as transações com cartões físicos de débito e crédito e as cobranças por boleto estão sendo substituídas por soluções 100% digitais.

O mercado não concorre mais para oferecer a mesma experiência para todos os consumidores, como era comum até pouco tempo: o combo cartão plástico + fatura. Mas, sim, se torna cada dia mais competitivo justamente porque precisa disponibilizar experiências mais integradas, atrativas e convenientes para os seus usuários.

Segundo especialistas do Circuito da Colômbia, fórum que faz parte da Assembleia de Governadores do BID, o comércio eletrônico cresceu 300% na América Latina durante o último ano de pandemia, reforçando a maior utilização de cartões para compras online.

Com o avanço rápido da digitalização e a crescente bancarização da população, como as empresas podem adequar seus negócios aos novos modelos de processamento de cartões e meios de pagamento? Conheça algumas alternativas no artigo!

 

A experiência do usuário no centro das soluções digitais

Antes de pensar nas novas soluções para processamento de cartões, o conhecimento sobre o que os consumidores estão buscando deve vir em primeiro lugar. A diminuição da dependência com relação aos meios de pagamentos físicos deu foco total à experiência dos usuários de cartões no ambiente digital.

Hoje, quem precisa se adaptar são os emissores, que respondem às atuais demandas dos clientes, como:

  • Facilidade e velocidade para realizar transações;
  • Features inteligentes, que dão autonomia aos usuários;
  • Segurança nas transações e proteção contra fraudes;
  • Funcionalidades simples de customizar, entre outras.

A partir da identificação sobre quais propostas podem chamar mais a atenção dos usuários, o mercado pode traçar estratégias para diversificar serviços e criar novas oportunidades na área, por nicho ou perfil de público.

 

Tendências em processamento de cartões para ficar de olho

Com a diversidade de players, a competitividade aumenta, provocando o surgimento de novas soluções, principalmente por meio de contas digitais e aplicativos. Um exemplo claro e relativamente recente de inovação no setor de processamento de cartões é a agilidade no saque, que não depende mais do cartão físico e pode ser realizado por biometria, criação de um código, via app e, no futuro próximo, por meio do Pix.

No momento, entre as principais tendências em meios de pagamento que fazem interface com cartões, porém sem depender do “plástico”, estão os pagamentos por aproximação, os serviços financeiros desenvolvidos pelas big techs e os superaplicativos, com multifunções e marketplaces próprios.

Ainda, existem outras features que garantem uma ótima experiência ao permitir o pagamento mesmo sem a presença do cartão físico. São as chamadas funções “No Plastic“, da Dock. Veja alguns exemplos:

  • Emissão de Cartão Virtual: o cliente não precisa esperar pela emissão do cartão para sair comprando. O acesso ao crédito é imediato.
  • CVV Dinâmico: recurso de segurança adicional para compras pela internet. Para cada operação é gerado um novo CVV.
  • Tokenização: Seu cartão dentro das carteiras digitais dos clientes, que podem utilizá-lo quando quiserem em compras físicas ou online.

Cada uma das opções que mencionamos acima promovem experiências de autonomia e agilidade para os usuários. Já a escolha de uma em detrimento da outra, reforçamos mais uma vez , depende do perfil de público que precisa ser conquistado ou fidelizado.

 

Bônus: Link de Pagamento

O Link de Pagamento também é uma alternativa “No Plastic” – o emissor não precisa de um site, loja física ou maquininha de cartão para vender seus produtos e serviços. Como o próprio nome sugere, basta enviar o link por mensagem ou pelas redes sociais para concluir o procedimento.

Pela simplicidade de uso, baixo custo e redução de atrito na hora do checkout, o Link de Pagamento é uma solução versátil, que pode atender pequenas, médias e grandes empresas, automatizando e encurtando etapas no processo de venda.

A Dock oferece soluções de processamento de meios de pagamento e “No Plastic” às principais fintechs, bancos, varejistas e companhias de todos os setores, permitindo que lancem e escalem programas inovadores de:

  • Cartões de crédito (bandeirado ou private label)
  • Cartões de débito
  • Cartões pré-pago
  • Cartões Múltiplos
  • Cartões de benefícios
  • Contas digitais

Para o processamento de cartões, contamos com uma plataforma multicloud, aberta através de APIs, que conecta parceiros de negócios com soluções complementares para oferecer uma experiência one-stop-shop para nossos clientes.

 

Resumo: processamento de cartões e meios de pagamento

  • Cada vez mais, as transações com cartões físicos de débito e crédito estão sendo substituídas por soluções 100% digitais.
  • A digitalização do mercado provocou o surgimento de novas soluções em meios de pagamento, com funções “No Plastic”, que garantem uma ótima experiência para o usuário, mesmo sem o cartão físico.
  • O Link de Pagamento também é uma excelente alternativa ao encurtar etapas no checkout tornando as vendas mais fáceis, tanto para o usuário quanto para o emissor.

Leia mais

Aviso de cookies

Para melhorar a sua experiência em nossas páginas e garantir uma sessão segura, avisamos que o uso de cookies está ativo. Ao navegar em nosso site, você permite automaticamente o recolhimento de estatísticas para o envio de alertas e serviços relacionados ao seu interesse. Para obter mais informações sobre cookies, acesse nossa Política de Cookies.