Black Friday: oportunidade para soluções de crédito além do cartão

Publicado em 24 de novembro de 2021.

Tempo de leitura 7 minutos de leitura

Nos últimos anos, a Black Friday se consolidou como uma das datas comerciais mais importantes no Brasil e na América Latina. Além de ser um momento no qual os consumidores planejam fazer compras para aproveitar as promoções, a imensa maioria pretende pretende não pagar à vista ou no débito – ou seja, a BF também movimenta as soluções de crédito no varejo físico e eletrônico.

Foi isso que revelou uma pesquisa realizada pela Trigg com 7.449 brasileiros cerca de um mês antes da Black Friday de 2021 – que está prestes a começar. Segundo o levantamento, 88% dos entrevistados pretendem comprar algo específico na data e mais de 70% já vão garantir os presentes de Natal.

Entre os que estão decididos a desfrutar das ofertas, 97% vai dar preferência para o cartão de crédito como forma de pagamento. O fato está completamente alinhado com o atual contexto, no qual a maioria das pessoas deseja comprar o que necessita e pagar no futuro.

A preferência por essa modalidade de pagamento nos faz refletir sobre como a BF pode ser uma grande oportunidade para as soluções de crédito pessoal. Ou seja, mais do que oferecer promoções atraentes e condições para pagamento parcelado no cartão, é preciso também oferecer condições de pagamento adequadas à intenção dos clientes de comprar agora e pagar depois.

 

Black Friday: a data que entrou no calendário comercial para ficar

Um dos dias mais aguardados do ano por lojistas e consumidores da América Latina, a Black Friday surgiu nos Estados Unidos e hoje é adotada em vários países do mundo. Se até pouco tempo atrás o termo nem fazia parte do nosso vocabulário, nos últimos anos tudo mudou.

A data, após o feriado de Ação de Graças, era conhecida como uma sexta-feira ruim para o comércio norte-americano, que sofria uma grande queda nas vendas – por isso o nome. Para atrair os consumidores e tentar inverter essa lógica de maus resultados, os lojistas decidiram criar promoções. A estratégia deu certo e a data se tornou o maior dia de compras do ano nos EUA desde 2001.

No Brasil, por exemplo, a BF chegou pela primeira vez em 2010 e, atualmente, faz parte do calendário comercial fixo do país. Já no México, a data ganhou um novo nome – “El Buen Fin” – e é associada ao aniversário da revolução de 1910 no país, que costuma acontecer próximo ou junto do Dia de Ação de Graças.

 

Soluções de crédito prometem aumentar as vendas nesta data

Uma vez que o cartão de crédito é um dos meios de pagamento mais difundidos no Brasil, não é uma surpresa que ele seja citado como preferido de grande parte dos consumidores brasileiros para ser utilizado na Black Friday.

De acordo com um levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), o cartão de crédito foi o meio de pagamento que apresentou maior valor transacionado no 2º trimestre de 2021, registrando R$ 371,3 bilhões, o que significa um crescimento de 53%.

Sabemos ainda que, atualmente, o uso dessa forma de pagamento pode ser incentivada de diversos modos, sobretudo com foco na melhoria da experiência do usuário com a disponibilização de features e ferramentas tecnológicas. Entre essas possibilidades, estão o contactless, a autogestão do crédito, o parcelamento da compra, o cartão virtual, entre outras.

 

Além do cartão de crédito: BNPL é aposta de gigantes do varejo para a BF

No entanto, o cartão não é a única forma de satisfazer o cliente na Black Friday e, como falamos, essa importante data do varejo deve ser explorada com outras soluções financeiras que permitam aos consumidores comprar itens de maior valor ou em maior quantidade. Neste sentido, uma solução de crédito pessoal que já está bastante difundida nos mercados dos Estados Unidos e da Europa e está chegando com força na América Latina é o BNPL – sigla para Buy Now, Pay Later.

Como o nome sugere, o modelo Buy Now, Pay Later – “compre agora, pague depois” – refere-se a uma categoria de serviços de pagamento que permite aos usuários comprar algo no presente e pagar no futuro. Na maior parte das vezes, estamos falando de compras online que podem ser pagas em uma única parcela ou em prestações, sem juros para financiamentos de curto prazo.

Porém, a grande vantagem do BNPL em comparação ao crédito ou parcelamento tradicionais é que os varejistas recebem o valor integral e adiantado, somente com o desconto da taxa cobrada pelo provedor do meio de pagamento. Sendo assim, trata-se de uma ótima alternativa tanto para o consumidor que deseja comprar no crédito quanto para quem vende, que não espera para receber.

De acordo com uma pesquisa da PYMNTS sobre a temporada de compras do final de ano nos EUA, o uso do BNPL deve dobrar em relação ao mesmo período de 2020. Por lá, gigantes do varejo como Walmart e Amazon já oferecem esse tipo de solução de crédito pessoal, que promete ser destaque nas compras da BF deste ano.

 

“Quem acompanha as tendências do mercado de pagamentos e banking já sabe que, em sintonia com a evolução da digitalização e o aumento da bancarização na América Latina, esse modelo está prestes a estourar por aqui também. Certamente, quem sair na frente sai ganhando!”

Pedro Almeida, Líder da área de Research da Dock

 

Black Friday como oportunidade para aperfeiçoar soluções de crédito pessoal

Sem dúvidas, a Black Friday se consolidou como um momento chave para as vendas de empresas do varejo da América Latina. Mas, como vimos nesse artigo, é também um período com grandes oportunidades para dar um passo além no relacionamento com os clientes, oferecendo soluções financeiras voltadas para crédito pessoal.

A data, inclusive, pode ser um ótimo momento para testar, aperfeiçoar e gerar insights com o público em relação a esses produtos – dos já consolidados carnê e empréstimo pessoal ao BNPL.

Black Friday e soluções de crédito pessoal: resumo

  • A Black Friday surgiu nos Estados Unidos e se consolidou também nos países latino-americanos como uma das datas comerciais mais importantes do ano.
  • O BNPL é uma das soluções de crédito que podem ser oferecidas aos clientes para aumentar as vendas.
  • A grande vantagem do BNPL em comparação ao crédito ou parcelamento tradicionais é que os varejistas recebem o valor integral e adiantado.
  • A preferência dos consumidores por comprar na Black Friday usando meios de pagamento que permitem o pagamento posterior à compra revelam que a data pode ser uma grande oportunidade para vender mais oferecendo diferentes soluções de crédito pessoal.

Artigos relacionados

Aviso de cookies

Para melhorar a sua experiência em nossas páginas e garantir uma sessão segura, avisamos que o uso de cookies está ativo. Ao navegar em nosso site, você permite automaticamente o recolhimento de estatísticas para o envio de alertas e serviços relacionados ao seu interesse. Para obter mais informações sobre cookies, acesse nossa Política de Cookies.