Roadmap do Pix: quais são as novidades em pagamentos instantâneos e como oferecê-las

Publicado em 14 fev 2024.

Tempo de leitura 10 minutos de leitura

Ano após ano, o Pix bate recordes de adesão entre os principais meios de pagamento. E muito desse sucesso se deve ao fato de que novas funcionalidades vão sendo continuamente agregadas para melhor atender as necessidades de seus usuários. Neste artigo, vamos examinar o roadmap do Pix e como integrar rapidamente todas essas inovações à sua solução financeira.

 O Pix Automático, que possibilitará pagamentos recorrentes, deve entrar em vigor em outubro de 2024. Uma vez que já tem data de lançamento prevista, a agenda evolutiva do Pix passa a mirar em produtos como Pix Internacional e Pix Garantido, além de prever novos recursos como a possibilidade do QR Code gerado pelo pagador.

Conforme o Relatório de Gestão do Pix 2022, o roadmap do Pix é guiado com o objetivo de permitir que pagadores e recebedores tenham a opção de escolher o sistema de pagamentos instantâneos para todo e qualquer pagamento a ser realizado, independentemente do valor da transação e do caso de uso.

 

Agenda evolutiva do Pix alavanca sucesso dos pagamentos instantâneos

 

As transferências de recursos e os pagamentos feitos por meio do Pix somaram R$ 17,18 trilhões em 2023 e bateram novo recorde.

De acordo com o BCB, o crescimento das transações feitas via Pix foi de 57,8% na comparação com 2022, quando as movimentações totalizaram R$ 10,89 trilhões. E foram mais do que o triplo do volume de 2021 – quando somaram R$ 5,21 trilhões.

Lançado em dezembro de 2020, o Pix caiu no gosto da população e se tornou o principal meio de pagamento em número de transações em 2022, respondendo por 29% do montante de operações realizadas.

Com o crescimento do sistema do Banco Central, instituições associadas à Federação Brasileira de Bancos encerraram em meados de janeiro a realização de transferências via DOC (Documento de Ordem de Crédito).

Esse cenário, sem dúvida, é impulsionado pela visão inovadora do Banco Central que não apenas introduziu o Pix como uma solução de pagamento instantâneo, mas também vem incorporando continuamente novas funcionalidades que acompanham as mudanças tecnológicas e até mesmo antecipam as necessidades dos usuários e do ecossistema financeiro como um todo.

 

Pix Automático já tem data de lançamento prevista

 

Com lançamento previsto para 28 de outubro de 2024, de acordo com o Banco Central, o Pix Automático permitirá o pagamento de contas recorrentes de forma automática.

Cronograma do Pix Automático previsto pelo BC:

  • Novembro/2023: especificação
  • Dezembro/2023: publicação das regras
  • Janeiro a agosto/2024: desenvolvimento dos sistemas;
  • Agosto e setembro/2024: testes homologatórios
  • Outubro/2024: lançamento

Como foi desenhado de forma flexível e parametrizável, a expectativa é que o Pix Automático seja utilizado como forma de recebimento por uma grande variedade de empresas, de diversos tamanhos e setores de atuação.

Entre elas, estão concessionárias de serviço público, escolas, faculdades, academias, condomínios, clubes sociais, planos de saúde, serviços de streamings, portais de notícias, clubes por assinatura e empresas do setor financeiro.

Vale lembrar que a oferta da nova funcionalidade aos usuários pagadores será obrigatória pelos participantes do Pix. Aqueles que não forem aprovados nos testes homologatórios e não disponibilizarem Pix Automático a seus usuários no lançamento do serviço, serão multados por dia de atraso na oferta.

Regras do Pix Automático Banco Central

 

Roadmap do Pix: saiba mais sobre as novidades que estão por vir

No entanto, ainda tem muita novidade que ainda não tem data prevista de lançamento, mas está também na agenda evolutiva do BC. Confira a seguir um roadmap do Pix, no qual detalhamos cada uma dessas funcionalidades.

 

QR Code gerado pelo pagador

 

Também chamado de QR Pagador e de Pix Offline, esse novo recurso possibilita que os clientes realizem pagamentos e transferências mesmo sem acesso à internet.

Isso será viável porque o QR Pagador inverte o processo de pagamento. Atualmente, o recebedor apresenta o QR Code para que o pagador realize o pagamento. Com a inovação, a dinâmica se transforma: o cliente exibe o QR Code, sendo a loja responsável por escanear o código para concluir a transação financeira.

 

Pix Garantido

 

O Pix Garantido é uma inovação no pagamento instantâneo que permite agendar e parcelar compras via Pix, proporcionando uma experiência similar ao pagamento com cartão de crédito, porém sem depender de “maquininhas” ou bandeiras específicas.

Ao utilizar o Pix Garantido, o usuário assegura o pagamento ao agendar ou parcelar a transação, mesmo que não tenha o saldo total na conta. Nesse caso, uma instituição financeira assume a responsabilidade, atuando como intermediária para efetivar o pagamento na data prevista.

Se o cliente não tiver fundos suficientes na data do vencimento, a instituição financeira cobrará posteriormente do usuário, aplicando juros e taxas de acordo com as regulamentações do Banco Central.

 

Pix Internacional

 

O Pix Internacional é uma funcionalidade pensada para tornar as transferências para outros países mais baratas e eficientes.

Em resumo, a ideia é permitir a integração com sistemas de pagamentos instantâneos internacionais. Dessa forma, o Pix internacional poderá viabilizar remessas transfronteiriças, pagamentos entre empresas e de compras feitas no exterior.

 

Novas formas de iniciação do Pix

 

O Banco Central também está estudando novas formas de iniciar o Pix, como por meio de tecnologias de aproximação, semelhantes às utilizadas em cartões de crédito. Entre as possíveis tecnologias estão o NFC (amplamente presente em celulares e smartwatches), bluetooth e biometria.

Essa iniciativa visa ampliar ainda mais a conveniência do Pix, possibilitando transações sem contato físico. Além dos cenários tradicionais, como pagamentos em estabelecimentos comerciais, o Pix por aproximação poderia ser aplicado de forma eficiente em situações como pagamentos de pedágios em rodovias, estacionamentos e no transporte público.

Essa expansão de possibilidades reflete o compromisso do Banco Central em adaptar o Pix às necessidades cotidianas, proporcionando uma experiência de pagamento cada vez mais integrada e prática.

 

Outras pautas presentes na agenda evolutiva do Pix

 

Explorando ainda mais as inovações possíveis no cenário dos pagamentos instantâneos, o roadmap do Pix inclui o aprimoramento de diversos recursos que prometem aprimorar a experiência dos usuários:

  • Ferramenta para consulta de transações liquidadas no SPI;
  • Plataforma Centralizada (cobrança centralizada de Pix, cobrança contratos inteligentes, duplicata no Pix);
  • API de Pagamentos;
  • Regras para split de pagamentos.

 

API Pix: como implementar rapidamente as novas funcionalidades do sistema de pagamentos instantâneos

 

Sem dúvida, acompanhar a agenda evolutiva do Pix é um desafio para empresas que disponibilizam as funcionalidades do sistema de pagamentos instantâneos. Isso porque, a cada novo recurso anunciado pelo Banco Central, há uma demanda crescente dos usuários por sua implementação.

Além disso, para aqueles que oferecem uma solução financeira, manter uma equipe interna exclusiva para incorporar rapidamente cada novo recurso do Pix pode ser extremamente oneroso.

Nesse cenário, a API Pix surge como resposta para implementação ágil das novas funcionalidades do Pix, disponibilizando facilmente as features na solução financeira. E como basta realizar a integração nos sistemas já existentes, o  processo ocorre com rapidez e sem dificuldades, eliminando a necessidade de começar do zero no desenvolvimento de soluções.

 

Conte com a API Pix da Dock e revolucione seu negócio

 

Você pode oferecer o Pix aos seus clientes e se manter em sintonia com as mais recentes funcionalidades do mercado, garantindo todo o respaldo tecnológico e regulatório necessários com a API de Pix da Dock:

  • Pix no Checkout para Varejo: receba pagamentos através do Pix em seu ponto de venda físico ou virtual de forma totalmente integrada.
  • Pix para Participantes Indiretos: conte com a nossa tecnologia e suporte regulatório para viabilizar sua operação de Pix Indireto.
  • Pix na Fatura: inclua o Pix na fatura e possibilite que os consumidores façam pagamentos de forma rápida e prática com transações em tempo real.
  • Bolepix: inclua o Pix na fatura, possibilitando pagamentos de forma rápida e prática com transações em tempo real com o Bolepix.

 

Soluções Conta Digital da Dock

 

Todas as funcionalidades do Pix na conta digital são oferecidas na plataforma da Dock de forma integrada, incluindo:

  • Pix Transferência: funcionalidade padrão, de envio e recebimento de dinheiro 24 horas por dia, todos os dias.
  • Pix QR Code e Pix Copia & Cola: tem o intuito de facilitar pagamentos via Pix. O usuário final pode fazer pagamentos com a leitura do QR Code ou copiar e colar o código para pagamento.
  • Pix Cobrança: esse é um instrumento de cobrança, iniciado por meio do QR Code ou do tratamento de um Pix Copia & Cola, que serve para pagamentos imediatos (em pontos de venda físicos ou comércios eletrônicos, por exemplo) e pagamentos com vencimento (realizados em data futura, que podem incluir outras informações, como juros, multas, outros acréscimos, descontos e outros abatimentos, semelhante ao boleto).
  • Pix Devolução: é um mecanismo especial de devolução de transferência por parte do recebedor para casos de transferências incorretas.
  • Pix Agendamento: permite agendar o dia e a hora que a transferência deve ser realizada, descontando do saldo no momento escolhido.

 

Roadmap do Pix: o que você viu neste artigo

 

  • O Pix continua a bater recordes de adesão ano após ano, sendo impulsionado pela constante adição de novas funcionalidades.
  • Com previsão de lançamento em 28 de outubro de 2024, o Pix Automático possibilitará pagamentos recorrentes, abrangendo diversos setores, como serviços públicos, saúde e entretenimento.
  • A agenda evolutiva do Pix contempla Pix Internacional, QR Pagador, Pix Garantido e formas inovadoras de iniciar o Pix, incluindo tecnologias de aproximação como NFC, bluetooth e biometria.
  • O sucesso do Pix é evidenciado pelo crescimento exponencial das transações, que bateram recorde de cerca de R$ 17 trilhões em 2023.
  • A API Pix da Dock oferece uma solução eficaz para a implementação ágil das funcionalidades do Pix, facilitando a adaptação das empresas às inovações do sistema de pagamentos instantâneos.

 

Artigos relacionados:

 

Quer ficar por dentro das últimas novidades no mercado de pagamentos e digital banking?

Inscreva-se na nossa newsletter mensal:
Email enviado Inscrição realizada! OK